O Atendimento Psicopedagógico é um programa de atendimento ao corpo discente da Faculdade ITOP, que chamaremos de Programa de Orientação ao Discente - POD.

O POD realiza atendimentos individuais em situações de dificuldades relacionadas ao processo ensino-aprendizagem. A proposta é contribuir para o desenvolvimento e adaptação acadêmica, facilitando a integração no contexto universitário. Os atendimentos visam identificar eventuais dificuldades ou problemáticas do aluno para, em seguida, orientá-lo (hábitos de estudo, carreira e aconselhamento profissional, encaminhamento para avaliação).

O ensino superior traz ao estudante um novo espaço de vivência psico-social. Esse indivíduo passa a se constituir como um universitário que já possui uma história pessoal e formas particulares de reagir e de experimentar, o qual depara-se e passa a se relacionar de maneira cada vez mais ampla com o ambiente social. Esse processo novo de conhecimento e de identificações poderá ser vivido de forma construtiva ou conflitiva, o que exigirá mudanças que, talvez resultem em crises, que por sua vez, implicarão em uma série de reformulações cognitivas e comportamentais. É justamente neste momento que se faz oportuna a intervenção psicopedagógica preventiva a fim de facilitar tal processo, ampliando a percepção e a possibilidade de adaptação do indivíduo a esta nova etapa.

Diante dos aspectos supra mencionados, o Programa de Orientação ao Discente ? POD oferece aos alunos da Faculdade ITOP a oportunidade de discutir tais questões determinadas pelo momento de vida em que se encontram.

O programa tem como objetivos:

Prestar atendimento aos alunos do Faculdade ITOP, em caráter preventivo, informativo e de orientação individual e/ou grupal.

O POD tem como objetivos específicos:

1. Contribuir para o desenvolvimento e adaptação acadêmica do aluno, visando à utilização mais eficiente de recursos intelectuais, psíquicos e relacionais, numa visão integrada dos aspectos emocionais e pedagógicos;

2. Fornecer subsídios que facilitem a integração do aluno no contexto universitário;

3. Realizar orientação do aluno, discriminando sua problemática;

4. Coletar dados relativos à problemática trazida pelo aluno, identificando a(s) área(s) de maior(es) dificuldade(s);

5. Realizar atendimento emergencial e informativo quanto à dificuldade de cada aluno envolvendo: A escuta da situação-problema; A identificação das áreas de dificuldade: profissional, pedagógica, afetivo-relacional e/ou social; O fornecimento de informações objetivas que o orientem, minimizando a ansiedade presente; Fazer encaminhamento para profissionais e serviços especializados, se necessário.

MAIS INFO

Para mais informações, o aluno deverá entrar em contato com a Professora Claudia:


Profª. Claudia Furtado Borge
3214-7345 / 3214-7377
psicopedagogia@faculdadeitop.edu.br

HORÁRIOS
SEGUNDA-FEIRA

Das 17:00 às 19:00

QUARTA-FEIRA

Das 13:00 às 15:00

SEXTA-FEIRA

Das 08:00 às 10:00